Doenças na retina: saiba quais são as 3 mais comuns

Alterações na retina, independente do tamanho, são extremamente delicadas já que podem apresentar risco de perda parcial e até total da visão – dependendo da região afetada.

Desta forma é extremamente importante conhecer quais são as doenças na retina e o que elas podem causar, a fim de evitar problemas e complicações nos olhos futuramente.

Prossiga com a leitura do conteúdo e entenda mais sobre o assunto.
Boa leitura!

Cuidado com a retina – entenda o que ela é

nter o cuidado com a saúde dos olhos de modo geral, bem como o cuidado com a retina, é fundamental já que ela interfere diretamente na saúde dos olhos.

A retina nada mais é do que uma das membranas do segmento posterior do olho, que tem como função transformar o estímulo luminoso em um estímulo nervoso enviado ao cérebro para que assim as imagens sejam formadas. Ou seja, ela é extremamente indispensável para que a visão aconteça perfeitamente.

3 condições que podem afetar a retina

Até aqui você já sabe a importância de cuidar da saúde da retina, mas agora entenda quais são as doenças que podem atingir os olhos de forma direta.

São elas:

Retinopatia diabética

Como o próprio nome já diz, essa é a uma doença que atinge os olhos das pessoas que possuem a diabetes.

Esse problema acontece quando um material anormal é depositado na parede dos vasos sanguíneos da retina, conhecida como fundo de olho. É uma doença diagnosticada por um oftalmologista e que pode levar a cegueira. Desta forma, as pessoas que possuem a diabetes devem redobrar os cuidados com a saúde dos olhos.

Descolamento da retina tracional

O descolamento da retina tracional acontece quando há formação de cicatrizes no vítreo e na retina, que evoluem para o descolamento da retina.
Esse descolamento pode causar uma série de problemas nos olhos, por isso, o diagnóstico precoce é indispensável, ok?

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

Esta é uma doença que acontece na área central da retina, que é conhecida por mácula e que pode evoluir com baixa de visão progressiva.

É um problema considerado um dos principais fatores de cegueira nas pessoas com mais de 50 anos de idade.

Existem dois tipos de DMRI que são:

  • DRMI seca ou atrófica – que é a forma mais comum e leve da doença que atinge cerca de 90% dos portadores do problema. O que acontece neste caso é que as drusas (que é uma degeneração) estão localizadas na região central da retina e as mesmas evoluem para a atrofia, o que pode levar a perda da visão do portador;
  • DMRI úmida ou exsudativa – esta é a forma mais grave do problema. Acontece uma neovascularização sob a retina – formação de novos vasos sanguíneos ruins – chamados de membrana neovascular sub retiniana que pode levar a uma perda irreversível da visão.

Agora que você já chegou até aqui, entendeu um pouco mais sobre dois dos principais problemas que podem atingir a retina e o quanto é importante buscar um oftalmologista para cuidar dos olhos e visão.
Se ainda restam dúvidas, você pode entrar em contato conosco nas nossas redes sociais, tudo bem? Conte com a Viva Oftalmologia para cuidar da saúde dos seus olhos!!! Até o próximo conteúdo.

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.

Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h


SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento@vivaoftalmo.com.br
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098

Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?