Existe alguma relação entre a enxaqueca e problemas de vista?

Dor de cabeça, dificuldade de concentração e até tonturas são sintomas que afetam milhares de pessoas. O que muitas delas não sabem é que uma visita ao oftalmologista e um novo par de óculos podem reverter esse quadro e melhorar a sua qualidade de vida.

Quando uma crise de enxaqueca se manifesta, pode ocorrer desde uma pressão intensa atrás dos olhos, pulsações fortes ou até mesmo leves batidas no topo da cabeça. A enxaqueca geralmente é acompanhada de fotofobia (sensibilidade à luz) e fonofobia (sensibilidade à sons), náusea e até vômito. O que difere a enxaqueca de uma simples dor de cabeça é a intensidade da dor, as causas que as provocam, e o tratamento.

Entre os pacientes que procuram o consultório de um oftalmologista, é comum que o motivo da visita seja por conta de uma insistente dor de cabeça. Um dos indícios de que sua dor de cabeça tenha relação com algum problema de vista, é quando esse sintoma aparece depois de um período de grande esforço visual. Sentir dores de cabeça após passar horas em frente ao computador ou celular ou lendo um livro ou até mesmo no final do expediente de trabalho, é um bom exemplo.

Quais são os problemas de visão que podem originar a enxaqueca?


Antes de citar algumas doenças que podem atingir o globo ocular, é necessária uma breve explicação de como a imagem é construída nos nossos olhos. Para que as figuras se formem corretamente, é essencial que as estruturas oculares passem por um processo de acomodação. Imagine uma câmera fotográfica: para que ela capture a imagem a lente deve encontrar o foco adequado, exatamente o que acontece com os nossos olhos. No caso, o cristalino deve se adaptar continuamente para encontrar o centro das imagens e formar adequadamente a estrutura no nosso cérebro.

Além disso, as outras partes precisam funcionar corretamente. Por exemplo, as pupilas são responsáveis em medir a incidência de luz, abrindo e fechando de acordo com a necessidade da captação desses raios luminosos. Quando existe algum problema na visão, esse processo acontece de maneira defeituosa, resultando na sobrecarga de uma função e originando um gatilho para o início da enxaqueca.

Miopia
A miopia é um dos erros refrativos mais comuns na população. Ela se caracteriza pela dificuldade em enxergar o que está mais distante. Isso acontece porque a imagem captada pelo olho do míope é formada à frente da retina, em vez de ser formada na própria retina, consequentemente, a visão do que está distante fica embaçada.   

Hipermetropia  
O indivíduo que apresenta algum grau de hipermetropia tem dificuldades em ver de perto, pois a imagem captada pelo olho se forma apenas atrás da retina. Atividades como ler um livro podem se tornar muito difíceis para os pacientes que possuem essa alteração ocular.


Astigmatismo
O astigmatismo também é um erro de refração. Nesses casos, faz com que se enxergue os limites dos objetos embaçados, podendo ser facilmente identificado quando se confunde letras semelhantes como H, M e N.

Como tratar cada uma dessas doenças?

O tratamento para miopia e astigmatismo é feito com o uso de óculos ou lentes de contato. O paciente também pode recorrer à revolucionária Técnica Smile de cirurgia para uma solução definitiva. Para o tratamento da hipermetropia, além do óculos de grau ou lente de contato, o paciente também pode contar com cirurgias corretivas.

Identificou-se com alguns desses sintomas?  Agende sua consulta conosco!

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.

Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h


SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento@vivaoftalmo.com.br
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098

Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?