Ronco pode causar glaucoma? Entenda!

Você costuma roncar muito durante a noite? Ou será que você dorme com alguém que sofre desse problema? Pois saiba que, além de desagradável, o ronco pode estar relacionado a doenças mais graves, incluindo a apneia do sono e o glaucoma.

O glaucoma é a maior causa de cegueira irreversível do mundo, isto é, sem cura. No entanto, quando diagnosticado precocemente, é possível contorná-lo com o devido tratamento.

Já a apneia do sono é um distúrbio caracterizado por interrupções na respiração durante o sono. Como o principal sintoma da apneia é o ronco, pode-se concluir, então, uma possível relação entre o ronco — oriundo da apneia do sono — e o glaucoma.

Para entender melhor essa relação e saber como se prevenir da cegueira, continue lendo este artigo.

Apneia do sono e glaucoma: entenda a relação

Segundo estudo publicado na revista Ophthalmology, da Academia Americana de Oftalmologia, pessoas com apneia do sono — distúrbio do sono — têm quase o dobro de chances de desenvolver o glaucoma.

E mais: segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em torno de 100 milhões de pessoas sofrem com apneia do sono no mundo inteiro, sendo que 60 milhões delas têm glaucoma.

Mas por que essa relação acontece?

A relação entre o glaucoma e a apneia do sono acontece porque durante uma crise de apneia o paciente pode ficar até 2 minutos sem respirar por conta de um bloqueio em suas vias aéreas.

Sem a quantidade de oxigênio adequada no sangue, muitas funções do seu corpo são afetadas, incluindo a do nervo óptico (responsável por enviar as imagens ao cérebro).

Como o glaucoma é uma doença ocular que atinge diretamente o nervo óptico dos olhos, que é afetado pela apneia do sono, pode-se construir a relação entre as duas doenças.

Para contornar a situação, no entanto, o paciente deve buscar um tratamento urgente para a sua apneia do sono, além de consultar-se rotineiramente com o oftalmologista.

Saiba mais em: Glaucoma: tire suas dúvidas sobre este problema nos olhos

Se eu ronco, eu necessariamente tenho apneia do sono?

Não, nem todo mundo que ronca tem a apneia do sono.

O ronco é apenas um dos sintomas da apneia do sono. Isoladamente, ele também pode estar ligado a outras causas, como ao consumo de bebida alcoólica, à ingestão de comidas pesadas antes de dormir, ao desvio de septo e à obesidade, por exemplo.

A apneia do sono, por sua vez, é uma doença grave e que deve ser diagnosticada por um médico especializado.

O que fazer para prevenir o glaucoma nessa situação?

Pessoas com o diagnóstico de apneia do sono devem se consultar regularmente com um oftalmologista a fim de se prevenir de determinados problemas de vista.

E vale lembrar: quanto mais cedo for realizado o diagnóstico, maior a efetividade do tratamento. Na maioria dos casos, ele consiste no uso regular de colírios. Apenas em poucos casos é que é necessário a cirurgia. Saiba mais aqui: cirurgia de glaucoma: como funciona e quem pode fazer?

O glaucoma é considerado uma doença silenciosa, que não costuma apresentar sintomas. Por isso, a melhor chance de obter um diagnóstico precoce é por meio de consultas de rotina.

Além disso, alguns sinais podem ser indicativos do problema, como:

  • Perda da visão periférica e dificuldades de enxergar fora do campo de visão principal dos olhos;
  • Esbarrar constantemente em objetos ou pessoas e tropeçar várias vezes durante o dia.

Clique aqui e saiba mais sobre os sintomas e tratamento do glaucoma!

Outros fatores de risco para o glaucoma estão relacionados ao histórico de glaucoma ou de hipertensão na família, à idade do paciente, a demais doenças nos olhos (como descolamento da retina ou tumores) e ao uso prolongado de medicamentos à base de corticóides.

Quer entender mais sobre o Glaucoma? Baixe o E-book gratuito e saiba mais sobre a doença que é a segunda maior causa de cegueira no mundo.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência
especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.
Responsável Técnico: Danielle Jampaulo - CRM-DF 17377
Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h

Emergência: Segunda a Domingo - 7h às 22
SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento.vivaoftalmo@gmail.com
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098
Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?