Tire suas dúvidas sobre as lentes de contato

Usadas para tratar diversos tipos de patologias oftalmológicas, como a miopia, o astigmatismo e a hipermetropia, as lentes de contato são extremamente comuns.

Mas assim como os óculos, é fundamental manter uma série de cuidados para garantir a funcionalidade e a vida útil das mesmas, respeitando os procedimentos e evitando que causem incômodos aos olhos e a visão.

Prossiga com a leitura do conteúdo da Viva Oftalmologia de hoje e entenda mais sobre as lentes de contato.

O que são as lentes de contato?

Antes de tudo, é indispensável entender ao certo o que são as lentes de contato, já que a sua finalidade é fácil de saber.

O nome ‘lentes de contato’ é por conta do contato direto das lentes com os olhos, diferente dos óculos que mantém uma pequena distância. Elas flutuam na camada de película lacrimal na superfície da córnea.

A lente em si é normalmente transparente, mas pode ter algumas alterações na coloração para tornar mais visível e fácil de manusear para os usuários.
Atualmente as lentes são gelatinosas ou rígidas, mas antigamente elas eram de vidro soprado, o que exigia ainda mais cuidado ao manuseá-las.

Quais são os tipos de lentes de contato?

De modo mais comum, as lentes são usadas para corrigir patologias oftalmológicas, mas hoje também existem as lentes usadas por fim estético ou para fantasias, como lentes brancas e vermelhas.

As lentes coloridas podem intensificar ou alterar completamente a tonalidade dos olhos, para inclusive criar efeitos especiais, como os usados no cinema, por exemplo.

Mas de modo geral, as lentes devem ser regulamentadas para evitar possíveis problemas aos olhos e a visão.

Quando usadas para garantir melhor visão, devem ser receitadas por um médico oftalmologista, e após a confecção é importante que o mesmo verifique se o grau está correto.

É importante ressaltar que o uso indevido das lentes de contato pode causar problemas sérios, inclusive a perda da visão. Sendo assim, ao notar qualquer mudança ou incômodo, é fundamental buscar por um especialista para verificar o problema.

Cuidados essenciais para as lentes de contato

Para garantir a vida útil das lentes de contato, é indispensável seguir alguns cuidados, como:

  • Siga as recomendações de limpeza do seu oftalmologista;
  • Evite deixar as lentes muito tempo sem limpeza, isso pode acumular bactérias;
  • Na hora da limpeza das lentes, use sempre produtos recomendados;
  • Atente-se ao prazo de validade das lentes de contato, já que este é um fator que pode interferir diretamente na saúde dos seus olhos.

Para outras informações e cuidados, clique aqui e leia um conteúdo informativo e completo sobre os cuidados com as lentes de contato.

Problemas comuns pela falta de cuidado com as lentes de contato

Elas são extremamente úteis para corrigir problemas oftalmológicos, mas por entrar em contato diretamente com os olhos podem causar uma série de problemas. Sendo assim, é essencial manter os cuidados com as mesmas.
Dentre os problemas comuns estão:

  • Sensação de “areia nos olhos”;
  • Olhos vermelhos constantemente;
  • Visão turva;
  • Dificuldade em manter os olhos abertos;
  • Fotofobia – sensibilidade à luz;
  • Dor constante nos olhos.

Dúvidas sobre as lentes de contato

Algumas dúvidas são muito comuns, como:

Qual a principal diferença entre as lentes descartáveis e as reutilizáveis?

A diferença entre elas está no tempo que podemos usar as lentes antes de realizar a substituição.

As lentes de contato diárias descartáveis são usadas em um período e depois são descartadas. Já as lentes reutilizáveis, como o próprio nome diz, podem ser usadas por dias e até por meses (o que varia de lente para lente).

É possível armazenar as lentes de contato em água se não tiver mais soro fisiológico?

Não. Existem muitas infecções nos olhos que estão diretamente ligadas a uma bactéria que vem da água. Por isso, é indispensável que a lente fique guardada no soro ou nas soluções próprias de limpeza.

Quanto tempo é permitido passar com as lentes de contato nos olhos?

O ideal é que a pessoa não ultrapasse 12 horas com as lentes. Outra informação extremamente importante: não durma com as lentes de contato, pois elas podem interferir diretamente na lubrificação dos olhos e causar uma série de irritações.

Esperamos que o conteúdo tenha cessado as principais dúvidas sobre as lentes de contato. Se foi útil para você, compartilhe nas suas redes sociais e informe outras pessoas sobre o assunto. Até breve!

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência
especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.
Responsável Técnico: Danielle Jampaulo - CRM-DF 17377
Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h

Emergência: Segunda a Domingo - 7h às 22
SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento.vivaoftalmo@gmail.com
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098
Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?