Exames de vista que você deve fazer por faixa etária

exames-de-vista-por-faixa-etaria

Você costuma ir ao oftalmologista com frequência para realizar exames de rotina?

Esse acompanhamento anual é fundamental para a prevenção dos principais problemas de vista a que você deve se atentar no decorrer da vida.

Continue lendo o texto e descubra quais são os exames específicos indicados para cada faixa etária.

Exames oculares recomendados por faixa etária

0 a 2 anos

Nessa faixa etária, o principal exame indicado por oftalmologistas é o teste do olhinho que serve para fazer a primeira avaliação oftalmológica no bebê.

O teste do olhinho ajuda a detectar doenças como catarata congênita, glaucoma congênito e retinoblastoma, além de problemas na produção da glândula lacrimal (como lacrimejamento em excesso), secreção anormal, inchaço nas pálpebras, vermelhidão nos olhos, estrabismo (ou vista dupla), diferença de tamanho entre os olhos, entre outros problemas.

Se identificados algum desses problemas, exames complementares podem ser solicitados.

Estudo da lágrima: para que serve o exame?

3 a 12 anos

Pacientes que se encaixam nessa faixa etária devem fazer o exame de refração.

Isso porque é nesse período que a criança inicia a vida escolar, momento em que os problemas de vista mais comuns, como miopia, hipermetropia e astigmatismo podem ser evidenciados.

A realização do exame, portanto, ajuda a diagnosticar erros de refração precocemente, possibilitando o início do tratamento o mais rápido possível.

Leia também:

Quando levar os filhos ao oftalmologista?

13 a 30 anos

Os principais exames indicados aqui são exame de refração, avaliação externa de rotina e topografia corneana.

O exame de refração é feito novamente quando é preciso avaliar a evolução nos graus de miopia, hipermetropia e astigmatismo.

A avaliação externa serve para identificar o olho seco, ou a Síndrome da Visão do Computador (CVS). Isso porque a grande exposição às telas luminosas e aos aparelhos eletrônicos é muito comum na adolescência e na juventude, o que pode trazer sérios danos à visão.

Já a topografia corneana auxilia no diagnóstico do ceratocone, doença relacionada com a irregularidade do formato da córnea e que possui grande incidência nessa faixa etária.

Saiba mais sobre o ceratocone aqui.

A partir de 40 anos

Após os 40 anos, é importante que as pessoas façam exames como tonometria e fundoscopia.

A tonometria serve para medir a pressão ocular, enquanto a fundoscopia analisa detalhadamente as estruturas do fundo do olho, como retina, nervo óptico e vasos sanguíneos.

Juntos, esses exames ajudam a detectar problemas comuns para a faixa etária, como a presbiopia (ou vista cansada), e o glaucoma, considerado a principal causa de cegueira sem cura do mundo.

A partir de 60 anos

Depois dos 60 anos, os idosos devem fazer exames como biomicroscopia e senso cromático.

Isso porque é a partir dessa idade que aumenta a incidência de doenças mais sérias, como a catarata (principal causa de cegueira reversível do mundo) e a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), que também causa a perda progressiva da capacidade de enxergar.

Esses exames vão avaliar com detalhe o globo ocular, além da formação da imagem na retina e o estado da região (para analisar se há alguma lesão).
Q

E então, você já foi ao oftalmologista neste ano?

É recomendado que todas as pessoas, independente da idade e de algum sintoma perceptível, consultem um oftalmologista pelo menos uma vez ao ano.

Quanto mais cedo o diagnóstico, mais eficaz é o tratamento para os possíveis problemas oculares.

Além das consultas de rotina, na presença de sintomas como irritação, ardência, ou coceira na região dos olhos, dores de cabeça frequentes, manchas nos olhos, vista embaçada ou duplicada, procure um médico o mais rápido possível e evite complicações.

Agende a sua consulta clicando aqui. É simples e rápido!

Leia também: O que esperar de uma consulta ao oftalmologista?


cta-agende-sua-consulta-viva-oftalmologia
Agende sua consulta agora mesmo na Viva Oftalmologia! É simples e rápido.



0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.
Responsável Técnico: Danielle Jampaulo - CRM-DF 17377
Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h

Emergência: Segunda a Domingo - 7h às 22

SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento.vivaoftalmo@gmail.com
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098

Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?