Principais doenças que podem causar cegueira

Cuidar dos olhos é tão importante quanto tratar a saúde do corpo como um todo, afinal, é através deles que você consegue observar o mundo.

Existem uma série de problemas e doenças que podem causar cegueira temporária e até mesmo a permanente. Por isso, é fundamental entender bem o assunto e tirar possíveis dúvidas sobre esta questão.

Para entender melhor sobre o tema, prossiga com a leitura do nosso conteúdo de hoje.
Boa leitura!

Cegueira: entenda mais

O próprio nome já pode causar pavor em algumas pessoas. Mas é importante entender bem o assunto, já que a visão é um dos principais sentidos do corpo e ela nos auxilia na comunicação com o mundo.

De modo específico, a cegueira nada mais é do que a condição que caracteriza a perda da habilidade de enxergar. Hoje, existem diversos meios de avaliar a perda da visão e diagnosticá-la.

Tipos de cegueira

A cegueira pode ser caracterizada por dois tipos: irreversível ou reversível. Dados da OMS – Organização Mundial da Saúde – mostram que 75% dos casos de cegueira no mundo são preveníveis e até mesmo tratáveis.

Uma das melhores formas de prevenir o problema é buscando por um oftalmologista regularmente e/ou ao notar qualquer mudança nos olhos e visão.

Quais são as principais doenças que podem causar cegueira?

Dentre as doenças que podem causar cegueira irreversível estão:

  • Glaucoma avançado;
  • Retinopatia diabética avançada;
  • Neurite óptica;
  • Ambliopia – conhecida comumente por olho preguiçoso;
  • Degeneração macular relacionada à idade.

Problemas que podem causar a cegueira reversível:

É essencial relembrar que ao notar qualquer mudança nos olhos, o certo é buscar por um especialista e nunca realizar automedicação, já que este ‘hábito’ pode prejudicar ainda mais a visão.

Quais são os principais fatores de risco?

Os fatores de risco que podem aumentar as chances da cegueira reversível ou irreversível são:

  • Nascimento prematuro;
  • Pessoas com graus altos de miopia;
  • Trauma;
  • Idade;
  • Pessoas que trabalham com produtos químicos;
  • Pessoas com diabetes.

Leia também:
Acompanhamento oftalmológico: entenda a importância
4 sintomas da inflamação nos olhos para ficar atento

Informações relevantes

  • Ao notar mudança na visão, não espere. Quanto mais cedo for o diagnóstico do problema, maiores são as chances de reverter a questão;
  • Se você possui enxaqueca, informe ao seu oftalmologista, já que este é um dos problemas que podem causar a cegueira;
  • Para ajudar no diagnóstico médico, informe todas as mudanças e quando elas ocorreram. É um fator simples, mas que auxilia bastante;
  • Caso o médico receite algum medicamento, jamais interrompa por conta própria. Este fator pode fazer com que o problema volte ainda mais difícil de tratar.

Gostou do conteúdo? Quer ter acesso a outros textos e materiais? Então, conheça o Blog da Viva Oftalmologia. Toda semana saímos com conteúdos relevantes sobre olhos e visão. Até o próximo!
Se a dificuldade em enxergar objetos distantes tem te incomodado e até dificultado tarefas rotineiras, agende uma consulta com um oftalmologista.

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência
especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.
Responsável Técnico: Danielle Jampaulo - CRM-DF 17377
Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h

Emergência: Segunda a Domingo - 7h às 22
SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento.vivaoftalmo@gmail.com
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098
Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?