Tremor na pálpebra: o que pode ser?

Já notou que em alguns momentos, do nada, o olho começa a tremer? Sem causa aparente, é um problema que pode incomodar as pessoas. Conhecido por blefaroespasmo, é uma situação que pode ser breve ou pode durar dias.

Mas o que é exatamente esse tremor na pálpebra? Quais são os motivos do surgimento? É sinal ou não de algum problema oftalmológico?

Para entender melhor o assunto, vamos conversar sobre ele hoje.
Prossiga com a leitura.

Entenda o problema

De um modo geral, o blefaroespasmo é um movimento involuntário dos músculos dos olhos. Acontece sem aviso prévio e pode ocorrer em níveis distintos.

Normalmente, o tremor nas pálpebras afeta apenas um dos olhos, mas em determinados casos pode afetar os dois, embora mais raro.

Dura horas ou dias, mas em casos mais complexos pode ser que a tremedeira das pálpebras se extenda por semanas, aumentando o incômodo. Nestes casos, é fundamental buscar um oftalmologista já que este pode ser um sintoma de algum problema oftalmológico, como uma infecção, por exemplo.

Quais são as causas do tremor nas pálpebras?

Em alguns casos não é possível identificar claramente o que pode causar o tremor nas pálpebras.

Em grande parte, os médicos se importam mais com os fatores de risco do que com a ocorrência dos espasmos, já que pode ser consequência de problemas mais sérios. Dentre as causas comuns estão:

Excesso de estresse

O estresse é um problema que sempre surge com outros incômodos e alterações no organismo. Dentre eles, está o tremor nas pálpebras.

Acontece devido à uma ação dos hormônios liberados quando a pessoa está estressada. Sendo assim, os menores músculos são sempre os mais afetados, como nas pálpebras.

Ao notar o tremor, é importante saber se está sob um período maior de estresse e buscar atividades de lazer e atividades relaxantes para equilibrar a produção de hormônios e assim diminuir e até mesmo evitar os tremores.

Olho seco

O olho seco é outro fator que pode ter uma ligação direta com o blefaroespasmo. Os tremores nesse caso acontecem quando o corpo tenta ajudar na hidratação dos olhos.

Buscar o médico especialista é a melhor maneira de resolver ambos os problemas, o tremor e o olho seco. O oftalmologista pode indicar tratamentos e colírios hidratantes, amenizando assim os sintomas por completo.

Alergias

As pessoas que possuem alergias frequentes podem ter sintomas diversos relacionados aos olhos. Pode ocorrer a coceira, vermelhidão e até mesmo a produção excessiva de lágrimas.

Mas ao coçar os olhos uma substância conhecida por histamina é produzida e pode causar 30os tremores. Para tratar, é fundamental o tratamento da alergia como um todo, evitando complicações maiores.

Problemas de visão

Alguns problemas de visão podem causar problemas no corpo de um modo geral, como cansaço extremo, dores de cabeça e também os tremores nos olhos.

Os olhos tendem a trabalhar em excesso para focar e resolver o problema de visão, e isso os torna mais cansados do que o habitual.

Sendo assim, ao notar qualquer diferença na visão, é indispensável realizar consultas e exames de rotina.

Poucas horas de sono

O sono é essencial para garantir qualidade de vida e um bom funcionamento do corpo. Quando isso não acontece como deveria, uma série de fatores pode interferir no dia a dia.

Ou seja, quando a pessoa não dorme direito, tende a deixar os músculos dos olhos mais cansados, o que também deixa as pálpebras fracas e os olhos podem tremer.

Este é o mais simples de todos os casos. Para resolver, basta ter um sono regulado diariamente.

Quando a situação é alarmante?

A situação pode chamar atenção e se tornar alarmante nos seguintes casos:

  • Quando além dos tremores, os olhos também ficam vermelhos e irritados;
  • Quando há tremores e inchaço nas pálpebras;
  • Quando o tremor é recorrente e dura mais que uma semana;
  • Quando afeta outras áreas do rosto.

Se o conteúdo cessou suas dúvidas sobre o tremor nas pálpebras, compartilhe e alerte outras pessoas. E para saber mais sobre a saúde dos olhos, conheça a Viva Oftalmologia. Esperamos sua visita.

Atendimento
A Viva Oftalmologia é um centro clínico de referência
especializado em oftalmologia com sede na Capital Federal.
Responsável Técnico: Danielle Jampaulo - CRM-DF 17377
Segunda a Sexta - 8h às 18h
Sábado - 8h30 às 12h

Emergência: Segunda a Domingo - 7h às 22
SGAS 616 – AV. L2 SUL – Conjunto A
Lotes 116/117 – Bloco C – Salas 201/11
Centro Clínico Linea Vitta – Asa Sul,
Brasília – DF CEP: 70200-760
Fone: (61) 3246-5555
email: atendimento.vivaoftalmo@gmail.com
Tel: (61) 3246-5555/ Whatsapp: (61) 9.9998-3098
Copyright® 2017 - Viva Oftalmologia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Eixo digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?